Tão cedo


Essa era a fonte da persistência no viver de Jeremias, de sua constância criativa.

Ele se levantava antes do nascer do sol para ouvir a Palavra de Deus.

Ao sair da cama tão cedo, ele se punha em silêncio e atento diante de Deus.

Muito antes dos insultos, dos escárnios e das queixas começarem, havia esse tempo com Deus de concentração, descoberta e exploração.

Jeremias escreveu:

"[...] eu vo-la tenho anunciado; mas vós não escutastes [...] nem inclinastes os ouvidos para ouvir" (Jr 25: 3-4).

Aqui está a explicação para nossos padrões irregulares de vida, para nossa inconstância, para nossa infidelidade, para nossa estúpida incapacidade de distinguir entre o modismo e a verdadeira fé: nós não nos levantamos cedo e ouvimos o que Deus tem a nos dizer.

Não reservamos diariamente um tempo longe da multidão, um período de silêncio e solidão, a fim de nos preparar para a jornada daquele dia.

Garry Wills afirmou: "Um homem exemplar deve dar um formato à sua vida, fazer um planejamento que lhe permita refletir, estudar e criar".

Jeremias tinha uma prioridade bem definida: ele persistentemente se levantava cedo, ouvia Deus e saía para falar e agir de conformidade com o que havia ouvido.
___
Fonte: Ânimo | @Eugene Peterson | Editora Mundo Cristão.